13 Motivos para Se Importar com as Pessoas

Mais uma vez estou aqui falando sobre 13 Reasons Why, Depressão e como tratar as pessoas da melhor forma possível.
Desculpem, eu sei que talvez vocês estejam ficando enjoados do assunto, mas o descaso alheio é tão desanimador que me sinto obrigada a reforçar o que eu estava dizendo.
Se você não gostaria de ser um porquê, continue lendo:

1. Você nunca sabe 100% sobre o que se passa na vida das pessoas ao seu redor:
Às vezes, uma palavra mal dita pode ser o que faltava para alguém se esgotar de vez. Sim, eu sei que às vezes é inevitável sermos mais apáticos e grossos quando estamos em um dia ruim, mas peça desculpas e seja gentil o quanto antes: você não é o(a) único(a) com problemas na vida, e talvez a pessoa com quem você foi estúpido(a) estivesse num dia pior do que o seu.

2. Tudo na vida é relativo, e os problemas também. O que é uma brisinha para você, pode ser um furacão para outra pessoa:
Então por favor, né? Pare de dizer que os problemas alheios são besteira e tenha a compaixão de ao menos tentar ajudar.
E se não puder ajudar, seja gentil. Não é difícil.
Quando muitas coisas ruins acontecem com a gente, vamos ficando atolados e a fragilidade aumenta. 

Resultado de imagem para clay jensen tumblr

3. Água apaga fogo, sem sombra de dúvidas. Mas um copo de água não apaga um incêndio:
Ou seja: mandar um depressivo praticar esportes, "levantar a bunda do sofá", sair de casa, dançar, etc, não vai ajudar. Não vai chegar nem perto. São copos de água: quem está afundado nessa doença precisa não apenas do apoio dos amigos e da família, mas também de acompanhamento médico. 
Considerando que depressão é a falta de serotonina no cérebro (um dos hormônios responsável pela sensação de bem estar), não tente resolver isso com liberações de endorfina (um hormônio com a mesma função, porém, um pouco mais fraco).
A solução correta só pode ser apontada por um médico especializado (psicólogo ou psiquiatra), mas geralmente é a reposição hormonal: o paciente toma anti depressivos para repor a quantidade hormonal que falta. 
Não, anti depressivos não são drogas viciantes. Apenas releia o parágrafo anterior.

4. No fundo, todos temos nossas histórias boas e ruins. Todos temos nossos motivos para sermos o que somos e agirmos do jeito que agimos:
Isso significa que, aquela pessoa com a qual "seu santo não bateu", no fundo, é igual a você: tem seus problemas, frustrações e inseguranças. Talvez tenha alguns rancores.
Você não é obrigado(a) a gostar de todo mundo (até porque isso é impossível), mas não precisa ser escroto(a) com alguém ou falar mal dele(a) apenas por não ir com a cara: apenas fique longe. E se precisar ficar perto, seja legal. Você pode se surpreender.


5. Sabe aquela pessoa que te marcou de forma extremamente negativa, e que talvez, tenha até deixado algum trauma? Tente não ser essa pessoa na vida alheia:
Todos cometemos erros. Eu, por exemplo, tenho uma coleção deles (e alguns eu ainda não acredito que fui eu que cometi, mesmo sendo acidental, não parece ser algo do meu feitio porque não é!).
Mais uma vez, eu repito: peça desculpas quando perceber que magoou alguém.
Se já tiver perdido contato com aquela pessoa, apenas tente não repetir o mesmo erro. E tome mais cuidado com seus atos.

6. Valorize quem te valoriza:
É muito chato ter que pisar em ovos para agradar uma pessoa e mantê-la em sua vida. Não faça isso, tenha amor próprio, evite pessoas tóxicas.
Porém, não seja aquela pessoa que rejeita todo mundo, que tá sempre de nariz empinado, que não se satisfaz com nada... isso vai magoar muito as pessoas que te amam e que te aceitam como é, e um dia, elas vão cansar de tentar de agradar e vão ir embora. Elas vão ir lá, levar felicidade pra quem aceita receber.
OBS: Não estou falando de pessoas que, por conta da depressão, acabam se isolando. Cada caso é um caso. Estou falando de pessoas arrogantes, que acham que o mundo gira ao redor delas e que todo mundo deve fazer o que elas querem. Gente que nunca ouviu um "não" na vida, sabe?


7. Hoje você está por cima, amanhã nunca se sabe:
Se você só se importa consigo mesmo(a) e nunca ajuda ninguém, quem te garante que quando precisar, alguém vai te ajudar?
Não estou dizendo para fazer tudo esperando algo em troca (o que seria algo bem babaca da sua parte), mas sim que, embora muitos sejam ingratos e não façam questão de demonstrar reciprocidade, não dá pra exigir que outras pessoas sejam legais com você se você caga e anda pra elas.

8. Não queira sentir a dor da perda, principalmente se a causa for suicídio:
Nunca perdi ninguém dessa forma, mas imagino que deve ser horrível ficar se perguntando o que poderia ter feito para evitar a morte de alguém. Deve ser horrível lembrar das brigas, das coisas horríveis que você disse nos momentos de raiva, e que talvez, a culpa seja sua.
É muito difícil ajudar alguém em depressão profunda, porque muitas vezes a pessoa está tão mal que nem acredita mais no tratamento. Ela começa a achar que não tem volta, então "pra que perder tempo se não vai funcionar", né? Para cada solução que você dá, ela aponta um problema. Às vezes você tem a impressão de que essa pessoa quer estar assim, mas não se engane: ela apenas não consegue mais acreditar em nada. Por isso, não desista dela. 
Sozinho(a), você não vai conseguir curar a depressão de ninguém, mas seja a motivação dessa pessoa. Tome muito cuidado com o que você diz, porque cada palavra pode fazer diferença. Pode não parecer, mas mostrar para essa pessoa que alguém se importa com ela e oferecer palavras positivas ajuda pra caralho. 



9. No fim, vamos todos pro mesmo lugar:
Depois da morte, nada se leva. O ser humano não é imortal, então pra que sermos tão frios uns com os outros? Pra que transformar a nossa vida e a vida alheia em um martírio?
Vamos garantir de que nosso dia a dia seja repleto de felicidade: só temos o presente.

10. Tem certas coisas na vida que, dependendo das suas condições, não vão te afetar:
Mas isso não é motivo para descaso. Por exemplo, se você é rico de nascença, não precisa nem nunca precisou trabalhar, tá com a vida garantida, a Reforma Trabalhista, Reforma da Previdência, Pec 55, etc, não vão mudar sua rotina em nada. 
Porém, o mundo não gira ao seu redor: não desmereça as causas alheias só porque elas não condizem com a sua realidade. Nunca se sabe quando você vai falir, né? 
E quando você estiver no mesmo buraco que eles, você vai lembrar de tudo o que você disse.
Ah: isso foi só um exemplo, tá? Vale pra todos os "mi-mi-mi" que você criticar.



12. Falar mal de outras pessoas não faz de você alguém melhor:
A sua crítica diz mais sobre você do que sobre o que você está criticando. Não adianta criticar o pouco estudo de certas pessoas, se você mesmo(a) arruma desculpas até hoje pra não ter completado o Ensino Médio, por exemplo. Não adianta criticar quem pede demissão do próprio trabalho pra depender da sorte, se você odeia seu trabalho, faz tudo de qualquer jeito e não procura nada melhor.
E mesmo se você estuda, gosta do seu trabalho, etc, cada um tem seu modo de ser feliz. Então procure o seu ;) 
Ser amargo(a) além de afastar grandes amizades que você poderia ter, só vai te fazer mal. Você vive no escuro.

13. Não saber ajudar e não ligar são duas coisas diferentes:
Quando você se importa com alguém, você se esforça para fazer a pessoa ficar bem, mesmo se não puder resolver os problemas dela num passe de mágica. 
Qualquer coisa, lembre-se destes dois links:


Desafio da Baleia Rosa: https://www.baleiarosa.com.br/

Centro de Valorização da Vida: http://www.cvv.org.br/index.php
(Se você se sente deprimido(a), acesse esse site ou ligue 141. Se alguém que você conhece está deprimido(a), incentive a pessoa a procurar ajuda.


Share:

0 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.