Entenda por que você precisa dormir bem à noite

"Aff, pra que dormir de 8 a 12h por dia? Com o passar dos anos, se eu dormir tudo isso, vou ter passado a maior parte da vida dormindo!!!"
Calma aí! Que paranoia é essa?
Quem diz isso não faz ideia da importância que uma boa noite de sono tem. 
No post de hoje, vou mostrar pra vocês quais são as funções do sono (segundo o Instituto Brasileiro do Sono, não sou eu quem estou supondo):

1. Restaurar: É dar um "reset", digamos. Toda a energia gasta durante o dia precisa ser reposta, e para isso, é necessário dormir. 
2. Termorregulação: Essa eu não sabia: o controle da sua temperatura corporal também está relacionado ao sono. Dá pra ver que quando estamos com febre, a nossa qualidade de sono muda, né? Da mesma forma, a privação de sono prejudica a capacidade do seu corpo de regular a temperatura.
3. Consolidação da memória e aprendizado: Não faça a cagada de passar a noite estudando, porque o sono tem a função de "frisar" o conhecimento que você adquiriu ao longo do dia.
Ou seja, se daqui a uns dias você quiser lembrar do que você estudou de noite, vai ser um pouco difícil, já que aquela informação não foi registrada direito no seu cérebro.
4. Repouso para o organismo: Durante o sono ocorre:
1. Redução da pressão arterial
2. Diminuição dos batimentos cardíacos
3. Relaxamento muscular
4. Redução da produção de urina
Sem falar em vários hormônios que são influenciados pelo sono: insulina (responsável por controlar as taxas de glicose no sangue), leptina e grelina (responsáveis pelo controle do apetite), hormônios da tireóide (uma glândula responsável pelo desenvolvimento do seu organismo), corticóides, hormônio do crescimento, prolactina (que controla a produção do leite), e muuuuitos outros. 
A privação de sono pode causar impotência sexual (ou seja, redução da libido), causar riscos de doenças cardíacas e até de um AVC!

Ou seja, não escute aquele "amigo" que diz que dormir de 8 a 12h é uma ameaça à sua produtividade, e nem caia naquela romantização do sacrifício: pessoas achando que estudantes que passam a madrugada inteira estudando são um exemplo a ser seguido, como se os que não fazem isso estivessem pecando ou algo assim.
Não estou desmerecendo quem estuda, óbvio, talvez seja o único tempo que a pessoa tem para isso.

Mas eu, que desde pequena sempre tive problemas com insônia, sei bem como é foda dormir menos do que se deveria. Sou uma pessoa bem esquecida, e nunca parei para pensar que talvez isso se deva às noites mal dormidas ao longo dos anos (apesar de saber que o sono tem a função de melhorar a memória, eu sou diagnosticada com TDAH desde a infância, então fico na dúvida). Também sou bem friolenta, qualquer ventinho faz eu me arrepiar toda.
Hoje em dia esse problema de insônia está menor, mas ainda acontece às vezes. E quando eu durmo pouco, eu acordo moída: é como se eu tivesse acabado de trabalhar em uma obra por 8h seguidas, sem exagero. Eu chego a sentir que estou caminhando meio desengonçada, tamanho o cansaço.
Coisa que eu não sentia há uns anos atrás, talvez porque eu apenas estudava na minha infância (e ainda estudava de tarde, nem precisava acordar cedo se não quisesse!). Ou seja: se eu passasse a noite em claro, e sentisse a necessidade de ir dormir antes das 20h no dia seguinte, eu podia.
Hoje em dia depende do dia da semana rsrsrs

Enfim, deu pra entender, né?

Fonte:

Share:

0 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.