Nostalgia na Netflix

Lembra daquela época em que você acordava no meio da madrugada e levava o cobertor arrastando para a sala, pra ver desenho?
No começo da minha infância, vivi o finalzinho dos anos 90 (nasci em 1995), então tive a chance de assistir filmes em aparelhos de vídeo-cassete. 
Um tempo depois, vieram os DVD's: meu pai ia na locadora, pegava uns para assistir com a minha mãe e outros para eu e minha irmã assistirmos. Sem falar que, como tínhamos (e ainda temos) TV a cabo em casa, dava pra ver as animações de canais como Disney, Nick e Cartoon Network.
Depois eu cresci mais um pouco, e assisti outros filmes pelo You Tube, ou baixando na internet.
Agora, tem a Netflix com vários desses filmes.


Resultado de imagem para meninas malvadas
Meninas Malvadas: Esse filme é de 2004, mas como eu só tinha 9 anos nessa época, assisti alguns anos mais tarde (tipo uns 3 ou 4). Eu nem acredito que faz tanto tempo, por um lado parece que faz séculos, mas por outro, parece que foi ontem! 

Imagem relacionada
De Repente 30: Assisti pela primeira vez na sessão da tarde, e minha cena favorita foi quando a Jenna estava naquela festa sem graça, comendo alguma coisa e deixou cair comida no drink de um homem, que estava lá embaixo (não sei descrever muito bem, mas ela tava digamos que num andar acima). Eu dei uma crise de riso quando vi aquilo... vou botar a culpa na minha idade da época: em média 11 anos.

Resultado de imagem para operação cupido
Operação Cupido: O filme que fez eu querer duas coisas:
1. Ir num acampamento de verão
2. Ter uma irmã gêmea.
Além de ser rica, claro, precisa botar isso na lista? 

Resultado de imagem para desventuras em série
Desventuras em Série: É de 2004 também, e eu assisti porque meu tio trouxe o DVD. Em plenos nove aninhos, eu era uma criança remelenta e cagona que ficou com medo do filme (por causa de uma cena em que a casa de uma mulher despenca na água e eles ficam tentando não cair junto pra não morrer).
Agora tem até série.

Resultado de imagem para abracadabra filme
Abracadabra: O filme é de 1993, e ok, minha mãe não tinha nem engravidado ainda quando o filme foi lançado.
Mas anos depois (anos pra caralho mesmo), eu assisti ele no canal da Disney, na tv. E amei aquela cena em que as bruxas cantam na festa.

Resultado de imagem para operação babá
Operação Babá: O filme foi lançado no Brasil em 2005, anos antes de eu me decepcionar com o Vin Diesel por ele ter sido babaca com uma youtuber numa entrevista. (Veja a matéria sobre isso aqui, se você não sabe do que eu estou falando).
Resultado de imagem para abc do amor
ABC do Amor: Outro filme que eu assisti na sessão da tarde. Só de ver o trailer já fiquei apaixonada. 
E gente, quem diria que um pirralhinho desses faria Jogos Vorazes 7 anos depois?

Resultado de imagem para o grinch
O Grinch: Eu amava assistir os especiais de Natal na TV, senão me engano esse filme passava no Cartoon Network.
Hoje em dia eu fico tipo: por que não passam mais aqueles especiais, com os filmes da moranguinho também? =(

Resultado de imagem para encantada
Encantada: Ah, mas esse não é tão velho assim, certo?
Errado. O filme é de 2007 e eu tava na quinta série quando estreou! =O
Gente!

Resultado de imagem para universidade monstros
Universidade Monstros: Sim, a Netflix tem o Monstros S.A no catálogo, mas eu resolvi falar desse (que foi lançado em 2013 no Brasil), porque assistir isso foi muito mais nostálgico do que se eu assistisse o primeiro de novo.
O filme mostra como a amizade do Mike e do Sulley surgiu, e como eles foram parar na empresa Monstros S.A.
Eu tive algumas reações assistindo isso há uns dias atrás (sim, demorei pra ver):
1. Sério que o Sulley era tão babaca?
2. Awwn, por que não lançaram isso na minha infância pra eu poder ir no cinema de graça (já que na época, meu pai pagava)?
3. Todos devemos ser como o Mike: otimistas e perseverantes. 


Qual desses filmes te deixou mais nostálgico(a)?
Comente ;)

Share:

0 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.