8 coisas que você aprende apanhando na adolescência

A adolescência é a fase mais intensa de nossas vidas. Provavelmente porque ela fica entre a infância e a vida adulta: é a hora de, aos poucos, irmos nos soltando das amarras de nossos pais para corrermos em busca de uma vida independente e madura.
Essa independência é o resultado de algumas escolhas que fazemos, e essa maturidade é a consequência não dos tombos que levamos, mas de como lidamos com eles.
E que tombos seriam esses? Quais são as lições? Clique em continue lendo para ficar nostálgico(a)!

1. Não coloque expectativas demais nas pessoas:
Resultado de imagem para decepção tumblr
É clichê (como tudo o que vai aparecer nesse post), e aparentemente pessimista, mas é verdade. As pessoas são o que são, e você não pode controlar isso. Lógico que as pessoas mudam, evoluem e etc, mas cada um tem seu ritmo, seu desejo, seu ponto de vista. Se você não gosta de como uma pessoa é, você tem duas opções: adapte-se ou afaste-se. 
Trabalhe nas suas melhorias, nos seus aprendizados, no seu crescimento, mas não tente fazer isso por outra pessoa. Lembre-se de que você sabe o que te faz feliz, e a pessoa sabe o que a faz feliz. E talvez, o que te faz feliz não seja o que faz a pessoa feliz. O que é certo para você, pode não ser para a outra pessoa. Aceite.

2. Às vezes você tem que fazer algo que detesta sem reclamar. E fazer bem feito:
Resultado de imagem para rolling eyes  nath araujo
O trabalho da escola é chato, a aula daquele professor é chata, seu emprego é chato, tudo é muito chato. Mas você precisa se dedicar se quiser conseguir fazer o que gosta. Não seja um daqueles acomodados que vivem reclamando do quanto a vida é injusta, e nunca fazem nada para mudar a realidade em que vivem. Você não é uma vítima do mundo, e sim de si mesmo: olhe ao seu redor, você tem mais oportunidades do que pensa.

3. Brigar é inevitável às vezes, mas só piora as coisas:
Resultado de imagem para brigar tumblr
Seus pais não te deixaram sair. Seu professor não arredondou sua nota. Seu chefe não te deu um aumento.
Talvez você tenha dificuldade em manter a calma em algumas situações, mas brigar só vai piorar. Se seus pais não te deixaram sair, converse. E pense sobre isso, talvez haja um bom motivo para eles te negarem isso. Seu professor não arredondou sua nota? Que pena, mas isso é você quem deve fazer, estudando mais para na próxima prova, tirar uma nota maior. Seu chefe não te deu um aumento? Pense se você realmente está se dedicando ao seu trabalho para justificar esse aumento.

4. Pessoas erram e você também:
Imagem relacionada
Somos todos seres humanos. Nós magoamos uns aos outros, e nem sempre é por maldade. Aprenda que o rancor só vai te fazer mal. Fulano(a) de tal te magoou e agora quer reconciliar? Claro que dependendo do ocorrido pode ser burrice dar uma colher de chá, mas analise a situação: você é um santo(a) que nunca fez nada de errado? Você tem certeza de que nunca, na vida, magoou alguém nem que fosse algo bobo que passasse logo?
Seja compreensivo(a) e humilde, você pode se surpreender.

5. Nem todos são o que você acha que são:
Imagem relacionada
Paris Geller e Rory (Gilmore Girls) não se deram bem uma com a outra no começo, mas se tornaram amigas
Pare de apontar o dedo, pare de rotular. Sabe aquela garota que você viu discutir com a garçonete outro dia, e que você achou nojenta e esnobe? Talvez ela só estivesse num dia ruim. E talvez você também já tenha se irritado com outros funcionários e parecido arrogante para quem não sabia o que estava acontecendo.
E sabe aquele cara quieto, que você acha que deve ser nerd e super inteligente, porque sempre parece atento às aulas? Talvez ele só esteja pensando em se embebedar mais tarde e nem saiba do que o (a) professor(a) está falando.
As conclusões que tiramos a partir do que vemos de longe geralmente estão erradas. Você pode perder relacionamentos maravilhosos por achar alguém metido(a) sem nunca ter trocado um oi, e pode se sentir chocado ao ver uma pessoa que você achava tímida bebendo até cair e gritando

6. Você não sabe de tudo, e isso não é um problema:
Resultado de imagem para ler tumblr
Sabe quando você acha que domina um assunto, de repente alguém te explica algo sobre o assunto e você se sente constrangido por não saber aquilo? Não se sinta. Ninguém nasce sabendo, ninguém sabe de tudo. Cada um tem mais facilidade em uma área, e só porque você tem mais facilidade em algo, não significa que seja vergonhoso não saber tudo sobre ela.

7. Problemas doem, decepções doem, mas a dor é passageira:
Resultado de imagem para brigar tumblr
Na adolescência, parece que tudo leva uma eternidade para passar. Não somos tão ingênuos a ponto de acharmos que toda dor será eterna, mas agimos como se fosse. Com o tempo aprendemos que nem tudo é o fim do mundo. É ruim nos desfazermos de algo que gostávamos, mas algumas coisas são passageiras. Precismos entender que nem tudo é essencial, e podemos sim conseguir algo melhor.
Posso estar falando de um namoro terminado, de uma amizade acabada, de ter sido transferido da escola, de um(a) professor(a) querido que se aposentou, de um colega de trabalho que foi demitido e sumiu...

8. Prioridades, meu(a) filho(a), prioridades:
Resultado de imagem para dinheiro tumblr
Tem certeza de que o que você quer é o que você precisa? Tem certeza de que o que você precisa é tão urgente?
Por exemplo: vamos supor que você quer vários jeans novos, jaquetas novos, tênis novos, volta e meia sente vontade de comer algo diferente, adora colecionar capinhas de celular, e ao mesmo tempo, quer tirar a carteira, comprar um carro e sair da casa dos seus pais?
Pense. O carro é caro e a casa, mais ainda. Parcelar os dois juntos vai ser pesado, então que tal cortar alguns gastos supérfluos e ir juntando dinheiro mensalmente para realizar aqueles sonhos mais caros? Com uma entrada gorda, você fica menos tempo parcelando e o valor mensal pode até ficar mais acessível. E outra: não precisa ser um carro de luxo, pode ser em um daqueles "troco, vendo, compro e financio" (só não esquece de fazer um test-drive pra não levar uma lata-velha mortal pra casa). E a casa também: se é só pra você, não precisa ser uma mansão. No máximo dois quartos tá ótimo, caso queira trazer um amigo(a) pra passar a noite sem que ele tenha que dormir no sofá da sala.
Imagem relacionada
A gente tende a achar que não tem dinheiro, e óbvio, para pagar à vista não tem mesmo. Mas com um pouco de planejamento e organização, podemos conquistar bastante coisa.
"Mas eu não posso morar sozinho agora, meu salário jamais pagaria as contas de uma casa". Invista em seus estudos para conseguir um emprego melhor, e enquanto não chegar lá, vá juntando dinheiro para dar uma entrada, nem que seja só 100 reais por mês, em um ano você já terá R$1200, e em quatro, R$4800.
. #FicaDica


Esse último foi um tanto longo, mas se usarmos essa dica direito, ela pode acabar sendo o maior aprendizado da lista. Não sei quais são os seus sonhos, mas se for ter casa própria, independência financeira e tal, é uma mudança e tanto. Basicamente um certificado de que sua adolescência terminou de vez.
Pra alguns isso é ótimo, para outros nem tanto.
E você, tem algo a acrescentar nessa lista? Que dica você daria para si mesmo quando era adolescente?



Share:

0 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.