5 Guilty Pleasures que eu não Consigo Largar


Guilty Pleasures (prazeres culpados em inglês) são coisas que você gosta de fazer, mas que sabe que não são certas. Acredito que quase todo mundo tem ao menos um, será que você é capaz de assumir os seus? Veja se você se identifica com algum desses, e se sim, me abrace porque #tamojunto:

1. Comer porcaria e/ou coisas de origem animal: Eu sei que comer doces e fritura em geral não faz bem pra saúde, mas volta e meia eu sinto uma vontade desgraçada de comer e não consigo resistir. E sobre os produtos de origem animal, desde meu primeiro documentário sobre abate (se não me engano o nome era A Carne é Fraca), eu sei que comer carne não é necessário e que é cruel. Primeiro eu penso "não é tão difícil largar, eu nunca gostei de churrasco mesmo". Mas aí eu lembro do meu amor por Burger King, e puta merda... não é nada fácil largar esse hábito./

2. Gastar dinheiro/Usar o cartão de crédito: Comer aquelas porcarias de vez em quando implica em gastar dinheiro. Imagina que louco seria se minha fatura não sofresse de obesidade todo mês?

3. Procrastinar: Pra quem não sabe, procrastinar é viver dizendo "amanhã eu faço", e esse amanhã nunca chegar. Eu não tenho problema com prazos, sempre entrego meus trabalhos na data e tal, mas vivo adiando consultas ao médico e outros planos pessoais que costumo fazer e não conseguir cumprir, porque são muitos.

4. Acordar no último minuto: Apenas pelo prazer de dormir mais um pouco, eu vivo correndo atrás do ônibus e agradecendo o motorista sem conseguir respirar direito.

5. Acordar extremamente tarde quando estou de folga: Dormir é maravilhoso, e não precisar acordar cedo é melhor ainda. Porém, quanto mais tarde eu acordar, mais curto o dia vai ser e menos minha folga vai durar. =(

Quais são seus guilty pleasures? Algum que não esteja na lista? Deixa aí nos comentários ;)

Share:

0 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.