Filmes preconceituosos dos quais você ainda ri

Confesso que estava com um pouco de medo de fazer esse post por causa da possibilidade de ter que ler comentários como: "aff, essas feministas estragam até isso" ou "aff, feminismo hoje em dia só serve pra fazer mi-mi-mi". Ninguém merece ter que ler/ouvir essas coisas, mas infelizmente a ferida tem que ser cutucada e a verdade tem que ser dita.
Os filmes são um reflexo dos pensamentos da sociedade ou os pensamentos da sociedade são um reflexo dos filmes? Tentar achar uma resposta para essa pergunta é como perguntarmo-nos "quem surgiu primeiro, o ovo ou a galinha?"
É um ciclo vicioso que só se quebrará quando passarmos a nos questionar: "por que esse filme fez tanto sucesso?", "por que eu acho graça nisso?" "essa piada é sobre algum grupo historicamente oprimido?". E lembre-se: é muito fácil dizer que as reclamações de alguém são mi-mi-mi quando não é com você que acontecem certas coisas.
Pra facilitar um pouco essa reflexão, vamos mostrar aqui alguns exemplos:

1. As Branquelas:
Desculpa estragar a graça do filme, mas o machismo é totalmente escrachado nele. Antes que venham brigar comigo, não estou dizendo que você deve odiar esse filme com todas as suas forças, apenas pare e pense um pouco.
A piada principal do filme são dois homens vestidos de mulheres e agindo como mulheres. Não seria uma transfobia da nossa parte dar tantas gargalhadas com isso?
E a cena do Latrell cantando "A Thousand Miles"? Se tu pesquisar "Latrell" no youtube o primeiro vídeo que aparece é esse. E os comentários são todos achando a cena hilária. Mas por que é tão engraçado ver um "macho" dançando e cantando? A primeira coisa que vem na cabeça de muitas pessoas é que ele parece gay. Isso não é homofobia?

Sem falar em alguns estereótipos, tipo o de que as mulheres são sempre rivais umas das outras, que só falam de moda, maquiagem e homens. E também tem o Latrell correndo atrás de uma das branquelas durante o filme inteiro, categorizando-a como "difícil", quando na verdade ela apenas não o queria.

2. American Pie:
Nunca cheguei a assistir o filme completo (geralmente eu pegava pela metade na TV), mas teve uma cena que me chamou atenção: dois garotos achavam que duas amigas eram lésbicas, e nossa, como deve ser excitante ter uma relação com elas, né? Até porque é pra isso que servem as mulheres: satisfazer a libido masculina. Pra sacanear, elas fingiram serem lésbicas e disseram que iam dar um "showzinho" pra eles, mas antes, eles teriam que cumprir alguns "desafios", os quais incluíam beijarem-se. Ou seja, a vingança era fazer com que eles agissem como gays na frente delas.
Nos anos atuais, American Pie ainda é considerado um "clássico".

3. Gente Grande:
No segundo filme, parte da piada são as filhas de um dos personagens: duas eram "gostosas", e uma era mais feinha. Os adultos ficaram doidos quando as "gostosas" apareceram (mesmo sabendo que elas eram adolescentes. Cadê aquele povo reclamando de pedofilia agora?), e até se revezaram para ficar encarando de longe.

E então, qual a sua opinião sobre o que foi comentado no post de hoje?
Comente ;)



Share:

1 Fumados comentaram aqui

  1. Eu não acho preconceituoso nenhum dos filmes citados, pelo contrario, os filmes citados mostram algumas realidades.

    ResponderExcluir

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.