Novembro Azul: Cuidar da saúde também é coisa de homem

Em setembro, rolou a conscientização sobre prevenção do suicídio. Em outubro foi a vez das campanhas sobre prevenção e tratamento do câncer de mama.
Agora a pauta é o novembro azul: mês das campanhas sobre prevenção e tratamento do câncer de próstata, doença que atinge um em cada seis homens e é o sexto tipo de câncer mais frequente no mundo. A cada 7,6 minutos um homem é diagnosticado, e a cada 40 minutos um homem morre por causa dessa doença. Ela é o segundo tipo de câncer mais mortal entre os homens.
Mas esses dados podem mudar se cada um fizer sua parte, mantendo a saúde em dia e espalhando a informação. 


Pra quem ainda acha que nasceu por causa da cegonha, a próstata é uma glândula masculina responsável por produzir o esperma (ou seja, gozar). O câncer de próstata é quando as células dessa glândula começam a se multiplicar de forma desordenada.

Como prevenir a doença?
Infelizmente não existe uma forma de prevenir. O negócio é fazer exames de toque e de sangue periodicamente para realizar o diagnóstico o mais cedo possível, caso a doença surja.
Não espere surgir os sintomas, porque no começo não há nenhum. Eles surgem apenas quando já houve um agravamento (ou seja: se você os sentir, corra pro médico urgentemente) e geralmente são:
  • Vontades urgentes e repentinas de urinar
  • Dificuldades para urinar
  • Diminuição na urina
  • Aumento da frequência urinária
  • Dores no corpo e nos ossos
  • Insuficiência renal
  • Dores fortes

Se quiser reduzir os riscos, tenha refeições saudáveis (coma frutas, verduras, legumes e evite gorduras - especialmente de origem animal), pratica exercícios físicos ao menos por meia hora, 5 dias na semana, mantenha o peso adequado ao seu corpo (consulte um nutricionista para ter certeza), limite o consumo de álcool a duas taças por dia (ou nenhuma) e não fume. 

Mesmo seguindo todas as recomendações acima, não abra mão dos exames de toque e de sangue DE JEITO NENHUM, porque elas não te impedem de ter câncer de próstata, apenas diminuem um pouco os riscos (e também ajudam a evitar várias outras doenças).

A maioria dos homens é diagnosticado apenas em estágios avançados da doença, pois não fazem os exames necessários e só vão no médico quando começam a se sentir mal. Muitas vezes o motivo de não fazerem exames é o desconforto de serem tocados "naquela parte", seja por alguém do sexo oposto ou do mesmo sexo. Em outros casos, a causa é falta de informação.
De qualquer forma, doença nenhuma é motivo para piadas, portanto, não seja aquela pessoa que dá risada dos homens que precisam arrancar o pênis, seja aquela que espalha a informação e ajuda a fazer com que seus conhecidos percam a vergonha de fazer o exame. Você pode salvar vidas.


Fontes:



Share:

1 Fumados comentaram aqui

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.