Tour pelo Grupo RBS

Como a maioria já deve saber, faço faculdade de jornalismo. Nesse semestre, na cadeira de jornalismo online 1, a professora passou um trabalho um tanto quanto diferentão. Se chamava Projeto Sombra: a ideia era passar um dia acompanhando o trabalho de algum jornalista que o aluno admire, pelo menos por 2h. Tinha que ter texto, vídeo e apresentação power point.
Se eu pudesse, faria com o Evaristo (kkk), mas como não eras, resolvi fazer com a minha dinda (pra quem não é gaúcho: madrinha). Ela trabalha como editora no Diário Gaúcho, e achei que seria mais fácil combinar com ela do que com uma pessoa que nunca me viu na vida e talvez não tivesse muito tempo ou boa vontade.

O resultado é que fiquei encantada não apenas com a rotina dela, mas também com o grupo RBS em geral.
As pessoas de lá são muito humildes, divertidas, foi muito legal conhecer os colegas de trabalho dela. Na primeira vez que eu fui era um domingo (porque eu trabalhava e não tinha tempo pra ir num final de semana), na segunda era uma terça feira (eu tinha sido demitida há menos de um mês e faltou um pouco de qualidade nos vídeos que eu havia feito). Não consegui pegar uma reunião de pauta em nenhum dos dias, no primeiro porque a redação fica bem vazia nos domingos, e no segundo porque o chefe dela foi falando com todo mundo de forma individual mesmo. Ele quase fez uma reunião de pauta só pra eu poder usar isso no meu trabalho, só pra vocês terem uma noção, achei ele um amor de pessoa. Óbvio que não precisava kkk eu não queria atrapalhar e fazer eles perderem tempo só porque eu tava lá.

Também fiquei maravilhada com outras coisas. Por exemplo, eu achava que ia me deparar com várias pessoas uniformizadas ou de roupa formal (blazer, camisa branca, etc), cada um fechado no seu canto, sério, quieto, me olhando de cima a baixo, etc (o que não tem muito a ver com o perfil de um jornalista e nem tem lógica imaginar isso, mas tudo bem kkk). Quando entrei, ninguém usava uniforme ou roupa formal, usavam roupas normais mesmo com o crachá, o pessoal era super gente boa, conversou comigo...
Eu também não sabia se eles teriam algum problema com cabelo colorido, piercing, tatuagem, etc (sempre quis ter mas nunca pude, porque ou podia ser demitida, ou, caso estivesse desempregada, não passaria nas entrevistas por causa disso). O fato é que pelo menos na RBS (não sei se é igual nos outros veículos), eles são super abertos, aceitam numa boa. Segundo minha dinda, você pode ser quem você quiser e jornalistas em geral são mais esclarecidos em relação a isso.

Outra coisa que me deixou encantada foi a decoração do lugar:

Altas áreas de descanso 
Ali tem uma mini lanchonete, basta passar o crachá pra comprar o que quiser. O lado ruim é que o valor é descontado integralmente na folha de pagamento. O bom é que o café pequeno custa R$1,50 e ele é grande kkkkkkk


Sinuca, pebolim... ô vida boa, hein?

Não lembro que lugar é esse, mas imagino que seja onde rolam as reuniões de pauta (será?)

Outro cantinho de sossego

Aqui é a Rádio Gaúcha

Aqui é o estúdio de TV, onde eles fazem alguns "ao vivo" (incluindo o do Facebook)

Também não lembro que lugar é esse, mas imagino que seja o refeitório. Ou o auditório, já que tem aquele palco lá na frente. Ou os dois juntos.
Depois daquela visita eu pensei: "eu preciso trabalhar na RBS". Pena que eles só aceitam estagiários a partir do quinto semestre, mas enquanto eu não chego lá posso ir fazendo um curso de inglês pra quem sabe sair na frente quando for lá tentar ser estagiária.
Alguém mais ficou com vontade de trabalhar lá? Comente ;)

Share:

2 Fumados comentaram aqui

  1. Menina do céu! Tô com muita inveja de você! Também estudo Jornalismo e aqui na minha faculdade, os professores fazem quase todos os anos uma viagem à RBS de POA (estudo em Passo Fundo, mas moro em outra cidade), mas infelizmente nunca consegui ir =/
    Parece ser um lugar muito agradável de trabalhar!
    Me surgiu uma dúvida: eles tem tempo de descansar nesses sofás ? Porque a profissão de jornalista é muito corrida, não consigo imaginar eles fazendo uma pausa durante o dia HUAHSUHSUAH

    AMEI seu post <3

    Beijos
    Inverno de 1996

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em fim de semana acredito que é mais provável que eles tenham tempo, mas não garanto kkkkk

      Excluir

E aí, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de dizer que sou um lixo, me mandar pra puta que pariu? Comenta aí!

Obs: Não pagarei seu cardiologista nem seu psicólogo/psiquiatra caso acabe precisando.